FAQ

Tire suas dúvidas ou entre em contato com nosso atendimento

O que preciso para me candidatar? Quais são os requisitos?

Inglês intermediário
Idade mínima 18 anos
Conhecimento na área que deseja atuar
Disponibilidade para viajar!

Qual idioma é essencial para trabalhar a bordo?

Todas as companhias possuem o inglês como idioma oficial, visto que um navio de cruzeiro pode ter mais de 30 nacionalidades diferentes trabalhando a bordo. Imaginou ter que conversar em tagalo com um filipino ou hindú com um indiano? Algumas companhias possuem preferência por mais de um de idioma dependendo da posição.

Eu sou contratado pela Portside Agência?

Não. A Portside Agência trabalha com recrutamento e seleção e dando todo o suporte ao tripulante para embarcar, a contratação é feita pelas Companhias Marítimas.

Quais são os Exames Médicos?

Os exames médicos variam de companhia para companhia, assim que aprovado será enviado os procedimentos.

O que é STCW?

O código STCW (Standards ofTrainningCertificationandWatchKeepingConvention) – No Brasil conhecido, como convenção internacional, sobre normas de treinamento, expedição de certificados e serviços de quarto – (Elaborado em 1978 pela IMO). Entrou em vigor no Brasil em 20/06/1984, e recebeu emendas em 1991,1994 e 1995, sendo essa última que entrou em vigor em 1997, no capitulo VI (Instruções Básicas de Segurança), tornou obrigatório que todas as pessoas que prestam serviços embarcadas em um navio façam treinamentos básicos de segurança e familiarização com o mesmo.
Hoje para embarque em Navios de Cruzeiros, são obrigados pelo menos o CFPN – (Curso de Familiarização e Proteção de Navio) e CBSN – (Curso Básico de Segurança de Navio).

Qual será a forma de pagamento a bordo?

A Companhia contratante paga o salário em dólar, indiferente do país que vai trabalhar, podendo o mesmo escolher entre ser depositado em conta, recebendo em espécie ou adquirindo um cartão internacional para deposito.

Preciso de Visto ?

Na maioria das vezes não é necessário, caso precise iremos informar.

Onde vou embarcar?

Depende da necessidade da Companhia contratante, quando encaminhada a data de embarque poderá entrar no site da empresa e ver a rota.

Vou saber qual a minha rota?

Em alguns casos sim. Quando a companhia contata a agencia e passa informações sobre sua data de embarque, passagem e contrato, elas informam quais destinos o navio vai estar durante o seu contrato ou muitas vezes você pode encontrar no próprio site da empresa que te contratou, pois eles têm disponível no site sempre todos os roteiros que cada navio faz. Já informações sobre quanto tempo o navio vai ficar atracado em cada cidade são fornecidas em murais espalhados na área de tripulantes durante o cruzeiro, Quando embarcado.

O que é crew, staff e oficial?

Crew é todo o tripulante que trabalha nos bares, restaurantes, housekeeping e nas máquinas do navio, que não são supervisores e nem chefes de departamento. Em geral os crews possuem os melhores salários, mas também possuem a maior carga horária de trabalho. O Staff são as pessoas que trabalham nos free-shops, cassinos, recepção, excursão, entretenimento e lojas de fotografia. Em geral ganham bem menos que os crews, exceto os funcionários de free-shop e fotografia que ganham comissão sobre vendas. Em geral eles dormem em cabines melhores que as dos crews e possuem refeitório separados. Em algumas funções, os staffs usam roupa branca, como por exemplo o pessoal de recepção. Oficial é todo tripulante que comanda os sinais vitais do navio, como comandante, segundo-comandante, engenheiros, pessoal de manutenção, admnistração, segurança e recursos humanos. Usam roupa branca e as listras verticais nos ombros indicam qual grau de importância eles possuem no navio. Os oficiais ganham salário fixo, dormem em cabines privativas e possuem refeitórios e camareiros próprios. As companhias geralmente contratam ex-oficiais da marinha e pessoas com cursos e muita experiência na função.

Posso fazer carreira a bordo de um navio?

Sim, você pode. Para isso basta se destacar em sua função e ser bem avaliado por seus superiores. Geralmente as promoções acontecem depois do primeiro contrato. Existem casos de tripulantes que chegaram a cargos gerenciais em apenas 3 contratos. Depende de você saber onde quer chegar. As companhias gostam de pessoas que se façam carreira a bordo dos navios, pois com isso eles minimizam custos de treinamento e contratação de novos tripulantes.

Posso mudar de departamento e função?

Pode, mas isso raramente acontece para tripulantes de primeiro contrato. Para se mudar de departamento, você precisa esperar abrir vaga no departamento de seu interesse e se candidatar a vaga. Uma entrevista vai ser realizada com você e a bordo, e se aprovado sua mudança é aprovada. A sua avaliação precisa ser excelente para solicitar a troca.

Posso descer do navio?

Pode, mas não poderá conhecer tudo na velocidade que gostaria. Isso vai depender da sua escala de trabalho no dia que o navio está parado.

O que é de responsabilidade da companhia quando estou embarcado?

A companhia é responsável por sua acomodação, alimentação, uniforme, e assistência médica, sem gerar custos finais ao tripulante, assim como responsável pelo seu repatriamento. Despesas pessoais (alimentação em terra, compras, ligações, etc) são a cargo do tripulante.

Posso usar o telefone e a internet à bordo para se comunicar com minha família?

Pode. As companhias possuem este serviço à bordo para os tripulantes, mas é cobrado, pois os telefones e internet do navio funcionam via satélite e seu custo é elevado, sendo recomendado o uso somente em casos excepcionais. Caso queira se comunicar com alguém em terra, aconselhamos a usar uma lanhouse quando o navio estiver atracado.

Quantos dias da semana irei trabalhar?

Os 7 dias da semana são dias de trabalho em um navio. Os navios trabalham com time-off. Days-off são dadas em raras ocasiões, como em casos de medical reasons mais sérios ou quando um superior achou excelente o desempenho do tripulante em sua função. Em geral um tripulante que trabalha de manhã e à noite, folga a tarde por exemplo.

Tenho direito a tratamento médico à bordo?

Sim. No ato da contratação a companhia é automaticamente obrigada a prestar toda a assistência médica ao tripulante a bordo, sem custos. Caso seja necessário um tratamento fora, a companhia desembarca o tripulante no próximo porto e dá toda a assistência nas despesas médico-hospitalares. Em alguns casos a companhia envia o tripulante ao país de origem para que o tratamento seja realizado e banca todas as despesas de deslocamento e tratamento.

Quando vou desembarcar? Quando vou saber do meu reembarque?

No dia do seu embarque você é comunicado sobre o dia que seu contrato vai terminar. Quando seu contrato termina, caso queira realizar mais um contrato a bordo, é só comunicar o sua agencia.

Não sou brasileiro, posso me candidatar?

Apenas brasileiros ou estrangeiros que possua o passaporte brasileiro (dupla cidadania), essas exigências são feitas pela empresa que prestamos serviços, caso seja de outra nacionalidade pode consultar agências em seu País de origem.

Sou brasileiro e moro em outro país, posso participar da entrevista?

Sim. A pré seleção com a Portside sim, porem a entrevista com a contratante tem que estar no Brasil, devido os agendamentos de procedimentos para embarque.

Quando termino o contrato posso ficar em outro país?

Não. Após o termino tem que voltar ao seu país de origem, a companhia é responsável pelo seu repatriamento e não autoriza a sua permanência em outro país.